China torra R$ 1,5 bilhão para construir hotel de luxo em caverna. Conheça

Dois dos 19 andares do empreendimento cinco estrelas serão construídos debaixo d’água

 

Grupo de empresários investiu R$ 1,5 bilhão para erguer um hotel de luxo na base de uma caverna, localizada em uma pedreira na China. O empreendimento cinco estrelas vai contar com 19 andares, sendo dois deles construídos debaixo d’água e prevê ainda um aquário com paredes de vidro. As imagens a seguir detalham como será essa ousadia da arquitetura mundial. Visite e surpreenda-se.

 

  • China torra R$ 1,5 bilhão para construir hotel de luxo em caverna. Conheça
  • O design do empreendimento de R$ 1,5 bilhão (ou 345 milhões de libras) é de responsabilidade de um grupo britânico. O luxuoso hotel de cinco estrelas está sendo construído dentro de uma profunda fenda cheia de água numa pedreira, na base da montanha Tianmenshan, na China.
  • China torra R$ 1,5 bilhão para construir hotel de luxo em caverna. Conheça
  • O hotel-caverna tem nome: foi batizado de InterContinental Shimao. Os hóspedes vão poder fazer esportes aquáticos no lago e usar os rochedos nas proximidades de escalada e bungee jumping. A expectativa é que a obra termine em três anos, ou seja, os hóspedes poderão gozar da estrutura a partir do final de 2015.
  • China torra R$ 1,5 bilhão para construir hotel de luxo em caverna. Conheça
  • A diária mais simples já tem uma projeção de preço: R$ 669,78 ou 200 libras. A construção de R$ 1,5 bilhão terá 380 quartos distribuídos por 19 andares — dois dos quais serão erguidos debaixo d’água.
  • China torra R$ 1,5 bilhão para construir hotel de luxo em caverna. Conheça
  • O hotel foi projetado em respeito a paisagem — uma caverna na beira de uma pedreira. Ele será equipado com um teto ecofriendly, ou seja, será ecologicamente responsável, com uso de recursos naturais, como a luz do sol como energia.
  • China torra R$ 1,5 bilhão para construir hotel de luxo em caverna. Conheça
  • O hotel-caverna de cinco cinco estrelas terá um aquário com paredes de vidro que dão para um restaurante e quartos, além de uma piscina e um centro desportivo, uma sala de banquetes e instalações para conferências. Li Xuyang, gerente sênior de Shimao Group, disse ao Daily Mail que o hotel faz parte do projeto maior para construir Shimao Shanghai Wonderland, um parque temático em grande escala.

 

Fonte: R7

Anúncios

8 CASAS NO PENHASCO

Villa Amanzi – Phuket, Tailândia

 Por Original Vision Architecture
First Crescent –  Camps Bay, África do Sul –

 
  Por SAOTA
Nettleton 198 – Cidade do Cabo, África do Sul
 
Por SAOTA
Openhouse  Por XTEN Architecture 
Nettelton 199 – Clifton – Cape Town, South Africa

 
Por SAOTA 
Carpinteria Foothills Residence – Carpinteria, Estados Unidos

Por Neumann Mendro Andrulaitis Architects Architecture

Landscape Fence – Áustria

Por Heri&Salli Architecture

 

 

 

Maleny House 

Por Bark Design Architects 
Fonte: Blogspot Arquitêta 

Aprenda a posicionar quadros nas paredes da sua casa

O segredo é saber como posicioná-los da maneira apropriada, sempre alinhando fotos, imagens e pinturas ao tipo de ambiente.

 

Desde sempre, telas e quadros são considerados elementos básicos na decoração. Não importa o estilo ou o artista, eles são bem-vindos em ambientes como: sala, quarto, escritório, hall e até mesmo na cozinha e no banheiro.

Misturar estilos é saudável e anima a decoração (Foto: Divulgação)

O segredo é saber como posicioná-los da maneira apropriada, sempre alinhando fotos, imagens e pinturas ao tipo de ambiente. Mas, cuidado para não exagerar! O ZAP Imóveis ajuda você a ter ideias criativas e inspiradoras para decorar as paredes de sua casa.

Para Maressa Vendramini, do blog Casa de Alice, os quadros são elementos decorativos que ajudam a tornar o ambiente confortável visualmente.

“Sejam pinturas, gravuras, fotos ou desenhos. Eles conferem estilo e marcam a identidade do local”, aponta.

 

Fique ligado às sete dicas básicas para não pecar por exagero, nem por falta de quadros na decoração:

1) Separe seu quadro queridinho: sabe aquele quadro que você tanto ama? A ideia é deixá-lo em destaque no hall ou em um local ‘importante’. Basta fixá-lo sozinho na parede lisa para que ele brilhe e seja o mais valorizado da casa;

Os quadros são elementos decorativos que ajudam a tornar o ambiente confortável visualmente (Foto: Divulgação)

 

2) Escadas: nessa área, são recomendados os quadros pequenos, fixados de acordo com o alinhamento dos degraus. O espaçamento entre um quadro e outro fica ao critrério do morador. Mas lembre-se: menos é mais;

São recomendados os quadros pequenos, fixados de acordo com o alinhamento dos degraus (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

 

3) Cores e sofisticação: para os moderninhos, a dica é apostar em quadrinhos coloridos apoiados em prateleiras, móveis ou estantes. Dão um charme à parte e deixam o ambiente mais arrojado;

Outra dica é apostar em quadros apoiados em prateleiras, móveis ou estantes (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

 

4) Quadros pequenos: o ideal é que sejam colocados em locais que permitam a aproximação, como corredores. Assim, quem estiver passando pode parar para apreciar seus detalhes;

 

5) Iluminação: uma opção é utilizar lâmpada embutida no teto, a uma distância de 50 ou 60 cm da parede onde está o quadro.

 

Opção é utilizar lâmpadas a uma distância de 50 ou 60 cm do quadro (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

 

6) Abuse das fotografias: selecione momentos interessantes e coloque em molduras com tamanhos diferenciados na parede. Fotos são lembranças importantes demais ficarem guardadas na gaveta!

 

O segredo é saber como posicioná-los da maneira apropriada, sempre alinhando fotos, imagens e pinturas ao tipo de ambiente (Foto: Divulgação)

7) Escolha seu estilo: abstrato ou figurativo, fotos ou desenhos. Misturar estilos é saudável e anima a decoração, mas é importante que poucos elementos sejam usados, para não provocar uma erupção de conteúdo no ambiente.

Fique atento a esta dica – Para posicionar os quadros sem correr o risco de que eles fiquem tortos, o aplicativo iHandy Level oferece ajuda com uma régua de nivelamento virtual. O instrumento pode ser baixado no Google Play (para Android) ou no iTunes (iPhone).

 

Fonte: ZAP Imóveis

Cantos para pets

O coração dos donos, eles já fisgaram. Agora, cães e gatos conquistam território nobre na casa: grama na varanda do apartamento, caminha com design e outras ideias que você pode reproduzir.

 

Sem título

Mesmo morando em apartamento, os cães Billy e Burtikus podem brincar na grama – e também usá-la para fazer as necessidades. Na varanda, a paisagista Ivani Kubo idealizou uma contenção de cruzetas e, dentro dela, colocou uma camada de argila, outra de manta geotêxtil, depois terra e grama-são-carlos.

 

Sem título10

Dentro da casa dos cachorros, fica o “banheiro”: sobre uma camada de terra, foi colocada outra de areia. Por cima de tudo, seixos. A composição absorve o xixi e minimiza o odor. A sujeira retida na superfície é removida com a pá. É preciso trocar areia e seixos a cada 3 meses.

Sem título4

Escalar o poste é uma das maneiras de a gatinha Pabby chegar ao patamar. Outros caminhos são as rampas e a escadinha presa a cabos de aço. As ideias são da proprietária, Mírian dos Santos.

Sem título11

Os banhos de sol do gato persa Bartolomeu nunca mais foram os mesmos depois da concepção do jardim para o bichano. Mesmo sem ter o perfil de animal de área externa, o gato passeia muito mais pelo jardim depois que as paisagistas Claudia Diamant e Marina Domingues incluíram um deque elevado com vegetação.

Sem título5

Sob a pequena laje, caixas higiênicas (as azuis) são os “banheiros”. Dentro delas, há areia. Tijolos vazados foram estrategicamente colocados nessa área, para minimizar o odor. A bancada serve para dar banho e limpar as orelhas dos gatos.

Sem título6

A gata Penélope se esparrama no quarto claro e ventilado, que tem arranhadores cilíndricos, fixados na parede, e nichos organizadores feitos de alvenaria.

Sem título7

Elegante, a cama do buldogue francês Tião foi comprada em uma loja de design, em São Paulo, pelo casal de proprietários, os publicitários Carlos e Ana Paula.

Sem título8

A casinha do cãozinho Dagoberto tem a decoração de peças de ferro fundido com pintura eletrostática e recorte de madeira em forma de osso. As bolas de musgo sintético representam um “jardim”. O projeto é de sua dona, a designer Juliana Daidone.

Sem título1

Projetado pelas arquitetas Elaine Delegredo e Luciana Corrêa, este canil é a réplica da casa dos donos: tem revestimento de tijolo de demolição e telhado com caídas.

Sem título9

Mogli, Jéssica e Bianca vivem num espaço considerado, para os padrões caninos, uma mansão. Construído pelos proprietários Luiz Otávio Debeus e Tadeu Nasser, o canil tem área de convivência, dois quartos e, nos fundos, um “banheiro”.

Sem título3

Portas e janelas de vidro temperado garantem ventilação e entrada de luz. Para proporcionar conforto térmico, a construção recebeu forro de madeira. Pelo visor, a “moradora” confere o movimento do lado de fora.

 

Fonte: Revista Casa e Jardim